Tratamento da Dor pela Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa



A Dor é um problema de saúde comum que faz com que as pessoas procurem o tratamento pela Acupuntura. Escreverei neste breve artigo informal um pouco sobre a minha experiência profissional a respeito do assunto, ao longo de 15 anos praticando Acupuntura e tratando diversos tipos de dor.


Existem diversos tipos de dor e graus de intensidades variados. A Dor pode estar relacionada a questões físicas com localizações variadas em qualquer parte do corpo como também psicológicas que acabam alcançando a dimensão física também.


As dores físicas são mais fáceis de se identificar, geralmente os paciente descrevem a localização e intensidade de acordo como estão percebendo. Estão relacionadas a problemas de saúde como traumas músculo esqueléticos em qualquer parte do corpo ou doenças crônico degenerativas. Podemos incluir as enxaquecas, cefaleias, fibromialgia, dores reumáticas, lesões do esporte, lesões por esforço de repetição, hérnias cervicais, lombares e muito mais, nos graus de intensidades os mais variados possíveis.


Dor psicológica ou psicossomática não tem origem física, mas psicológica. Sua causa principal está na mente e emoções do paciente.


A severidade da dor não é diretamente proporcional à quantidade de tecido lesado e muitos fatores podem influenciar a percepção desta como: fadiga; depressão; raiva; medo, ansiedade; doenças; sentimentos de falta de esperança e amparo.


A Medicina Tradicional Chinesa vê a pessoa como um ser humano integral, leva em consideração aspectos físicos, emocionais, sociais, espirituais que influenciam na saúde e podem acarretar desequilíbrios energéticos, que seriam a causa do problema apresentado, da dor. E quando detectada esta causa é realizado a seleção de pontos de acupuntura, e as técnicas que irão ser utilizadas para o tratamento da mesma.


Algumas vezes os pacientes indagam o motivo pelo qual não foi utilizado o local da dor para tratar a mesma, e se surpreendem com o resultado do tratamento, as vezes comentam que a melhora foi "mágica". Justamente porque a visão oriental é integral e não focamos na dor, e sim na pessoa como um todo em integração com o que lhe cerca e a natureza. Corrigindo o desequilíbrio, a dor vai embora.


Exemplificando podemos tratar uma dor lombar, sem utilizar inserção de agulhas na área corporal do problema. Como também pode ser da escolha do acupunturista tratar no local da dor. Tudo vai depender do diagnóstico oriental, do paciente e da estratégia de tratamento que o acupunturista irá utilizar para obter o melhor resultado.


As técnicas utilizadas da Medicina Tradicional Chinesa para tratamento, podem variar de sessão para sessão de acupuntura, conforme evolução do paciente e resposta ao tratamento alcançado; variam muito mais de paciente para paciente, e de acordo com a experiência do acupunturista.


Cada tipo de dor e cada paciente é tratado individualmente, pois consideramos o ser humano único e integral, cada pessoa tem suas características e individualidade e na natureza tudo é movimento. Importante detectar em que momento o paciente se encontra quando adentra ao consultório referindo uma dor insuportável. Como se encontra o equilíbrio dos 5 elementos da natureza naquele momento no paciente (Madeira, Fogo, Terra, Ar e Água)? E os Zang Fu (Sistemas Energéticos) quais e como estão sendo afetados? Assim como uma série de outras perguntas o acupunturista se indaga para que possa realizar sua seleção de pontos para tratamento. Um acupunturista experiente tem estas questões e muitas outras respondidas rapidamente em sua anamnese para diagnóstico oriental.


Em uma sessão para tratamento de dor podemos utilizar inserção de agulhas em pontos de acupuntura, pontos extras, pontos Ashi (pontos de dor que não coincide com ponto de acupuntura), pontos gatilhos (pontos de dor que irradia a dor para uma região miofacial); eletroacupuntura; moxaterapia; ventosaterapia; laser aplicado a acupuntura, auriculoterapia, entre outros.


Com uma sessão de acupuntura observamos resultados satisfatórios, minimizando a necessidade do uso de medicamentos para dor. Lembrando que a Acupuntura é um tratamento complementar à Medicina Ocidental e que as duas medicinas caminhando juntas a chance de sucesso é bem maior no controle da dor.


Valéria Lauro

Acupunturista








56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo